HDMI

 

HDMI (High-Definition Multimedia Interface), padrão de conexão que está em desenvolvimento pelas marcas Hitachi, Toshiba, Matsushita, RCA, Philips, Silicon Image, Sony, entre outras. Atualmente é o melhor tipo de conector de áudio e vídeo digital que substitui todos os conectores usados em aparelhos de DVD, decodificadores de tv a cabo, projetores e TVs e monitores de plasmas e LCDs.

Nos aparelhos atuais de DVD, blue ray, decoder de tv por assinatura, tv digital (HDTV), um único cabo e conector podem fazer todas as ligações necessárias. A maior vantagem desse novo padrão é que a conexão tanto de áudio, quanto de vídeo são feitas digitalmente, apresentando a melhor qualidade possível. O HDMI veio para substituir os outros padrões populares, como vídeo composto e S-Video, que são conexões analógicas. O HDMI também implementa um sistema de proteção contra cópias chamado HDCP (High-Bandwidth Digital Copy Protection), que foi desenvolvido pela Intel.

Cabo HDMI moster cable

A tecnologia transmite sinais de forma totalmente digital, possibilititando ter imagens de excelente qualidade e resoluções altas, inclusive maiores que as suportadas pela tecnologia DVI (Digital Visual Interface). O HDMI é compatível com o DVI (usado em computadores), sendo possível conectar um aparelho com um conector HDMI a outro contendo um conector DVI-D, através de um cabo com um conector HDMI em uma ponta e um DVI na outra.

Cabo HDMI AR (Acoustic-Research)

O conector do cabo HDMI é parecido com o conector USB, possui tamanho reduzido e encaixe fácil. Existem dois tipos de conectores: o HDMI tipo A e HDMI tipo B, com 19 e 29 pinos, respectivamente. O conector HDMI tipo A é o mais comum do mercado, o do HDMI tipo B é para altíssimas resoluções.

HDMI usa o protocolo TDMS (Transition Minimized Differential Signaling), que apresenta três canais para a transmissão das informações de áudio e vídeo. Os dispositivos que iniciam a transmissão são chamados de sources e os sinks são dispositivos que recebem o sinal da transmissão.
A transmissão de dados pode ser feita de maneira codificada, agindo numa forma de cancelamento, para proteger contra a pirataria. Nele, o sinal é duplicado, porém o segundo sinal é invertido: o dispositivo receptor recebe ambos os sinais e os compara; as diferenças encontradas nessa comparação permitem identificar as alterações indevidas, isto é, os ruídos da transmissão e descartá-las.

Outro upgrade é o aumento da gama de cores e suporte às tecnologias Dolby TrueHD e DTS-HD Master Audio. Essa versão também possibilitou o uso de um novo mini-conector, apropriado a câmeras de vídeo portáteis, que elimina o problema de sincronismo entre o áudio e o vídeo (lip sync).

UP CONVERSION
Normalmente os leitores de DVD com conexão HDMI possuem up conversion, que permite que a partir de um DVD com 480i (ou 480p), seja possível obter um sinal de vídeo com resolução de 720p, 1080i ou 1080p. O resultado é de uma imagem melhor que a dos leitores de DVD convencionais sem a função up conversion.

A próxima geração de players que realmente reproduzirá uma imagem de alta definição, a partir de um disco com alta densidade de informação, será a dos aparelhos com leitores ópticos com comprimento de onda (blue-ray) menor que os dos atuais leitores.

DICAS NIPPON STUDIOS

* Na escolha do novo receiver, opte por um que tenha pelo menos duas entradas HDMI (TV Digital e Blue Ray), assim diminui a quantidade de cabos e melhora a qualidade de áudio/vídeo.

* Na escolha do novo projetor para Home Theater escolha algum que tenha entrada DVI ou HDMI para melhor qualidade de imagem. Nos projetores com entrada DVI é necessário usar adaptador DVD-HDMI para poder usar cabos HDMI.

* Os cabos HDMI da AR e Monster Cable, apresentam conectores precisos e que encaixam facilmente.

* Cuidado com cabos baratos, além de fisicamente frágeis podem não servir para altas taxas de resolução e são normalmente do tipo HDMI 1.0. Servem para os DVDs, mas em blue ray e HDTV podem não suportar, principalmente em cabos com comprimento maiores que 1,8m.